sábado, 10 de setembro de 2011

Tentando ressuscitar este defunto - Desfibrilação, parte 1

... Pelo menos eu acho que vai ser a parte 1. Vai que eu desisto disso aqui de novo. Vivo jurando que volto, que escrevo, etc etc... Certo. Sem lamúrias, sem desculpas e sem arrependimentos. Dinamite é para ser usada e com essa desculpa igualmente esfarrapada, resolvi usar este blog novamente. 

Da mesma forma estou fazendo algumas coisas em termos de desenho que posso até me arrepender depois, mas aí já é tarde e se eu der sorte alguém me pirateia, adapta para o cinema e é nessa parte que eu processo todo mundo e fico rica. Calma. É só uma besteirinha que tem me atormentado aqui e resolvi fazer deste pensamento algo produtivo. Trata-se de uma história. Não vou dizer ainda o que vou fazer com ela, ou como ela é. O fato é que está se tornando alguma coisa que acho que pode me agradar no final. Pelo menos por enquanto eu a estou considerando o meu brinquedinho, o meu playground. Com sorte, e se eu não sumir de novo, até posto algo dela aqui. 

Falando nisso, tenho de remexer neste layout novamente, pode ser que me dê tesão de postar, mas apelar para o "fundo preto com detalhes em vermelho e gifs de temas místicos (vampiros, anjos, fadas e adjacentes)" é um clichê que eu adorava há 10 anos atrás, mas hoje em dia se eu chego em um blog e o maldito demora mais de 30 segundos para carregar, eu fecho. Acredito que muitos leitores se sintam assim. Portanto, haverá mudanças econômicas em layout conservador, e não vou deixar ninguém cego com uma escolha de cores (demasiado) infeliz.

Enquanto isso...

Nenhum comentário:

Postar um comentário